Publicidade infantil permite programação adequada à criança

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

A aposentada Adelina Pereira Macedo considera um absurdo a ideia de proibição da publicidade infantil. Ela afirma que sem a publicidade, as crianças ficarão também sem a programação infantil e irão procurar outras coisas para assistir, muitas vezes que não condizem com a sua idade. Adelina levanta a questão: “Se as crianças não assistirem o que eles gostam, o que eles preferem, vão assistir novelas, coisas pornográficas, porque é muito difícil de proibir as crianças de assistir TV”.

Veja também como o cartunista Maurício de Sousa quer uma publicidade com amor e carinho

 

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.