Publicidade infantil não é má companhia que desvirtua crianças, diz Irene Maluf

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Culpar a publicidade infantil pelo consumismo dos filhos seria o mesmo que dizer que seu filho não é assim, não faz coisas erradas, são as más companhias que o influenciam. Para Maria Irene Maluf ex-presidente nacional da Associação Brasileira de Psicopedagogia (2005 a 2007), não se pode culpar a mídia pelos hábitos de consumo, deve-se notar se as crianças estão tendo capacidade de distinguir o que é bom, o que é necessário. Para a psicopedagoga, as crianças precisam de orientações dos pais para ajudá-las a refletir sobre as coisas, como no caso a publicidade. E todo esse procedimento, ela diz, só pode ser aprendido na prática, e com um acompanhamento feito de perto para explicar para as crianças a utilidade de determinados produtos. Veja o depoimento da especialista sobre a influência da publicidade nas crianças.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.