Publicidade infantil é oportunidade para orientar os filhos sobre limites

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

O supervisor de seguros Eduardo Cesar Martins Ferreira acredita que o goderno não tem que definir o que pode ou não ser visto pelas crianças. Para ele, a orientação sobre a publicidade infantil deve ser passada pelos pais ou repsonsáveis. Ele diz que tem um filho de cinco anos que vê as propagandas na TV, e que quando ele pede alguma coisa é a oportunidade de orientar:  “o pai compra o que pode pra você”.

Veja também o que pais e mães dizem sobre a publicidade infantil.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.