Publicidade é bode expiatório para consumismo dos filhos, diz Irene Maluf

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Da mesma forma que a educação das crianças está cada vez mais terceirizada, seja pela escola ou por profissionais pagos para orientar os filhos, muitos pais procuram uma justificativa externa para justificar maus hábitos adquiridos, afirma Maria Irene Maluf ex-presidente nacional da Associação Brasileira de Psicopedagogia (2005 a 2007). Segundo ela, em relação ao consumismo, essa justificativa pode ser a publicidade infantil, que atuaria nessa caso como um bode expiatório. Os apelos da publicidade em vender passam a ser usados para justificar os pedidos incessantes dos filhos. Irene Maluf diz que os pais devem aprender a educar seus filhos nesse sentido, assim como educam a passar diante de um bar sem com isso se transformarem em alcoolotras.

 

 

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.