Proibição da publicidade não é o melhor caminho, afirma D´Urso da OAB-SP

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

O presidente da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, Luiz Flávio Borges D´Urso, defende o debate amplo sobre a publicidade infantil como forma de aprimorá-la e, assim, superar qualquer risco que hoje possa apresentar. Ele coloca inclusive a entidade à disposição para realizar esse debate, que segundo D´Urso, deve servir para se analisar se as regras existentes hoje são suficientes ou precisam ser aperfeiçoadas. Segundo o presidente da seccional, pode-se avaliar até se é preciso proibi-la, mas adianta entender que “esse não não é o melhor caminho”. D´Urso destaca que a família é quem deve assumir o papel de orientação, uma vez que essas crianças estão sob sua responsabilidade. Ele destaca também que as novas formas de comunicação, como a internet, devem compor esse debate.

Veja também os depoimentos sobre publicidade infantil do presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcante, e do ministro do STF José Antonio Dias Toffoli.

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.