Proibição da publicidade infantil fere a democracia, diz advogada

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

A advogada Graciela Faria Tabarelli considera que a publicidade deve sim ser ponderada, mas acredita que essa ponderação deva ser feita pelos meios de comunicação. Segundo ela, existe alguns exageros em relação à publicidade infantil. No entanto, ela é totalmente contra a ideia de proibição: “Além de ser inconstitucional fere todos os direitos da democracia”, diz. Graciela afirma que cabe aos pais e não ao Estado educar as crianças.

Veja seu depoimento e conheça mais sobre a campanha Somos Todos Responsáveis.

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.