Pais e mães falam sobre a publicidade na vida de seus filhos

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

A campanha Somos Todos Responsáveis foi às ruas para ouvir a população sobre as tentativas de proibir a publicidade infantil na televisão. As pessoas de várias profissões disseram que são a favor da boa propaganda feita com responsabilidade. Os depoimentos trazem quem é contra medidas radicais do governo de tentar proibir a publicidade voltada para as crianças. Justificam que elas têm o direito ao acesso a essa informação para ter mais um meio para criar juízo de valores, ou ainda porque a função de educar os filhos é responsabilidade dos pais e não do Estado. Há depoimentos de quem acredita que a sociedade tem o poder de vetar uma propaganda não comprando os produtos ali oferecidos. Um dos pontos mais comuns ouvidos é que ninguém é obrigado a comprar uma coisa só porque o filho viu uma propaganda na televisão.

A campanha Somos Todos Responsáveis quer saber o que você pensa, abre espaço para esse debate e vai continuar indo às ruas para ouvir mais pessoas.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Comentários (2)

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.


  • Afonso Malatesta comentou em 8 de fevereiro de 2012

    É ótimo perceber que existem pessoas conscientes e que estão atentas ao absurdo que significa uma proibição. Parabéns a todos os pais que não fogem de educar seus filhos e tem voz ativa no seu crescimento.

  • Pedro Baldissera comentou em 19 de abril de 2012

    Sou contra a proibição da publicidade para crianças! Sou a favor da regulamentação desse tipo de publicidade, impondo limites etc. Cabe apenas aos pais educar e ensinar aos filhos que nem tudo que se vê em uma publicidade é verdadeiro, creio eu que a publicidade até prepara a criança para a vida, visto que nem tudo que ela deseja ela vai ter. Acho que o governo deve se preocupar com coisas mais importantes para o país ao invés de querer censurar a publicidade infantil, uma coisa que sempre existiu e não provoca nenhum mal. :D