Abrinq: quem quer proibir publicidade infantil não gosta de criança

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

A opinião é do presidente da Associação Brasileira de Fabricantes de Brinquedo, Synésio Batista da Costa. Ele diz que o brinquedo é a miniaturização do mundo adulto, “e como eu posso me relacionar com ela se não puder falar com ela?”, pergunta o presidente da Abrinq. Costa defende que cabe às famílias cuidarem e orientarem as crianças e que o Estado entra apenas quando os direitos da criança não são respeitados. “Nós não temos no relacionamento indústria e criança aqui no Brasil nenhum caso, nenhuma crise, nenhum crime de lesa a pátria”, diz ele.

Veja o depoimento de Synésio Batista da Costa e também o que diz o músico Paulo Tatit, do Palavra Cantada, sobre a ideia de se proibir a publicidade infantil.

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.