Crianças gostam mais de brincar do que assistir televisão, revela estudo da ESPM

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Oito em cada dez crianças disseram que preferem brincar do que ficar assistindo televisão, revela a pesquisadora Fernanda Cintra de Paula que participa do estudo sobre Mídia, Crianças e Consumo de Tecnologias da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing). Este estudo, em fase de conclusão, é feito sob orientação da doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo Isabel Orofino. Segundo Fernanda Cintra de Paula, especialista em marketing infantil, o projeto visa pesquisar como crianças de 4 a 10 anos assimilam o conteúdo das mídias, sua programação é a publicidade infantil, e avaliar o contexto que se dá essa assimilação. Os dados preliminares que mais surpreenderam a pesquisadora apontam que a televisão não é a principal fonte de entretenimento desse público. Conforme ela já disse à campanha Somos Todos Responsáveis, essa conclusão reforma a tese de que as restrições à publicidade infantil não serão eficazes para uma proteção da criança diante dos apelos do consumismo.

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.