Criança é o reflexo do exemplo dos pais e não da publicidade

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

A instrumentadora cirúrgica Jessica Pereira diz que através da publicidade infantil é possível orientar os filhos e ensiná-los a respeito do que pode ser consumido ou não. Segundo ela, é sabendo o que é oferecido para elas que as crianças vão poder saber o que é possível ou não para os pais comprarem. Jessica afirma que é o exemplo e a orientação dos pais é que vão formar os filhos e não a televisão ou a publicidade.

Veja também: Silvia Poppovic defende a publicidade para formar espírito crítico da criança


Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Comentários (2)

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.


  • Rafael Guerino comentou em 18 de abril de 2012

    Concordo com tudo. É dever dos pais ensinarem aos seus filhos o que eles podem comprar ou não. A publicidade infantil até ajuda a informar os pais sobre os tipos de brinquedos que estão no mercado e quais são os mais benéficos para seus filhos.

  • Vitor Mirailh Pereira comentou em 19 de abril de 2012

    Também concordo pois porque proibir a publicidade infantil se ela não traz mal algum. O incentivo ao consumo feito pelas mídias está presente todo dia na vida dos adultos e crianças também e é dever dos pais ajudar a criança na formação do seu caráter não deixando-a ser influenciável.