Cremesp apoia publicidade para estimular crianças a cuidarem da saúde

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Contra tudo que seja proibicionismo na publicidade, medida “que pode ser autoritária”, o médico e vice-presidente do Conselho Regional de Medicina de São Paulo, Mauro Gomes Aranha diz que é favorável a toda a propaganda que contribua para as pessoas adoeçam menos. Segundo ele, a publicidade que vem em benefício da saúde do ser humano terá o apoio dos órgãos de ética ligados à medicina. "Tudo aquilo que seja um proibicionismo relativamente à publicidade corre o risco de ser uma medida autoritária e que não traga o benefício que pode trazer às pessoas. É claro que nós pensamos em uma publicidade educativa, comprometida com a verdade e que estimule as pessoas, inclusive as crianças, a cuidarem melhor de suas próprias vidas."

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.