Mario Sergio Cortella diz a pais e mães como educar diante da publicidade

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Os pais querem educar seus filhos para que se tornem consumidores conscientes, mas nessa tarefa muitos terão de enfrentar a chantagem das crianças que confundem o desejo de ter uma coisa com o direito de ganhar o que pedem. A principal orientação que o filósofo, mestre e doutor em Educação pela PUC-SP, Mario Sergio Cortella, apresenta em seu depoimento à campanha Somos Todos Responsáveis é premiar pelo esforço. Segundo ele, o maior problema que muitos pais enfrentam é se perderem compensando a falta de tempo dedicada aos filhos comprando o que eles desejam. Antes que isso se torne um hábito sem controle, Cortella, que é um dos palestrantes mais procurados na orientação de pais, diz que é preciso aprender a dizer não. Para ele, não basta dizer que não tem dinheiro porque as crianças sabem que você tem. É preciso mostrar que o dinheiro que os pais têm não é para aquele propósito. Cortella diz ainda que se a criança chorar, deixe-a chorar. Se estiver incomodando outras pessoas, “saia do local e deixe-a chorar”. Ele afirma que essa é uma questão que deve ser enfrentada pelos pais, que podem até se utilizar da propaganda voltada para o público infantil para encaminhar esse aprendizado.

A campanha Somos Todos Responsáveis vai publicar uma série de respostas do filósofo e educador Mario Sergio Cortella às perguntas destinadas a orientar pais e mães sobre a propaganda infantil e o consumismo.

 

Share to Facebook Share to Twitter Share to Email

Nenhum Comentário

Você deve efetuar o login para deixar um comentário.